teatro-digital

VUVUZELA

O som da África do Sul

Cinema  Circo  Dança  Eventos  Internet  Literatura  Musica  Radio  Teatro  Tv  Contato
caveira; rato; casal; piadas; amizade; jovialidade; martelo; risovuvuzela; maradona

 
É melhor calarem as vuvuzelas!
A origem da vuvuzela é muito antiga. Ela é originária de tribos ancestrais sul-africanas, tradicionalmente feita com o corno da pala-pala, pelo que é conhecida no sul de Moçambique como xipalapala, e servia para convocar reuniões. Tornou-se popular na África do Sul na década de 1990. Em 2001, a empresa sul-africana Masincedane Sport começou a produzir em massa uma versão de plástico. Requerem um sopro forte, de modo a emitir um ruído semelhante ao de uma sirene ou ao de um elefante. A utilização da vuvuzela é característica dos jogos entre grandes equipes de futebol sul-africano como o Kaizer Chiefs e o Orlando Pirates.

As vuvuzelas da torcida dos Chiefs são amarelas e vermelhas, enquanto as da torcida dos Pirates são magenta cor de tijolo.
No Brasil, cornetas já eram usadas em estádios desde a década de 1960, porém não tinham grande notoriedade, pois dividiam a atenção com bandeiras, fogos de artifício e as baterias que eram tocadas por torcidas organizadas. Durante as partidas finais do Campeonato Paulista de Futebol de 1977, na terceira partida da decisão, as torcidas organizadas do time do Corinthians distribuíram cerca de 50 mil cornetões, semelhantes às vuvuzelas, para o público que nessa partida foi de 90 mil pagantes. A cada posse de bola do time da Ponte Preta o barulho dentro do estádio do Morumbi era ensurdecedor, razão pela qual após a partida, alguns jogadores da equipe disseram que o zunido provocado pelos cornetões tirou a concentração durante o jogo. (fonte: wikipédia)
vuvuzela